Vera Guasso é assaltada e agredida em Porto Alegre

Nesta quarta-feira, por volta das 22h30, a candidata a prefeitura de Porto Alegre (RS) pela Frente de Esquerda (PSTU-PCB), Vera Guasso, sofreu uma tentativa de assalto seguida de agressão física. O crime ocorreu na rua Alberto Torres, no bairro Cidade Baixa, próxima à residência de Vera.

Ela e uma amiga foram abordadas por dois rapazes, um deles com um revólver em punho, que exigiram as chaves do carro em que estavam. Vera tentou negociar, dizendo que poderiam levar o carro, mas precisaria pegar sua bolsa e não aceitaria que fossem levadas junto com eles. Diante da negativa de negociação, eles a agrediram violentamente com socos e pontapés, deram um tiro para o alto e foram embora sem levar nada.

Vera foi levada imediatamente ao hospital e passa bem, apenas com alguns hematomas e uma pequena fratura no nariz. Pela manhã fez Boletim de Ocorrência e exame de corpo de delito. À tarde, segue normalmente suas atividades de campanha.

Vera Guasso é mais uma vítima da crescente violência alimentada pelas máfias de roubo de carros, que todos sabem, inclusive a polícia, que é um negócio extremamente lucrativo e com ramificações em vários setores de negócios “legais”.
Responsabilizamos não os dois jovens, mas sim o poder público que não faz nada para coibir os grandes mafiosos e garantir emprego para os que hoje ficam à mercê dos traficantes e da indústria do roubo de carros. Exigimos dos órgãos competentes a apuração do caso e que este sirva para punir os verdadeiros responsáveis.