PSTU entra na Justiça contra coligações indevidas

A direção nacional do PSTU está recorrendo junto a várias instâncias da Justiça Eleitoral contra coligações realizadas por filiados e por diretórios municipais do partido que, infelizmente, romperam a orientação do Congresso Nacional do PSTU de não realizar, em hipótese nenhuma, coligações com partidos da burguesia e da base de sustentação do governo Lula.

Até o momento, nos chegaram informes que coligações estranhas à política do partido estão acontecendo em pelo menos duas cidades: Porto Velho (RO) e Rio das Ostras (RJ). Estas coligações já estão sendo questionadas na Justiça. Esperamos que rapidamente sejam cassadas pelos respectivos Tribunais Eleitorais.

Não vamos abrir mão da posição política de não realizar coligações com estes partidos corruptos, que enganam o povo pobre e tanto atacam os direitos dos trabalhadores e da juventude. Não nos confundiremos com os partidos da dita esquerda reformista, que se aliam com partidos da burguesia para aumentar seus postos nas instituições burguesas, como fazem o PT – que está coligado com PSDB em mais de mil cidades – e o PCdoB.

Estas coligações só foram inscritas porque estes indivíduos não respeitaram as decisões do partido e, inclusive, contaram com algum consentimento de elementos da Justiça que já deveria ter cassado estas candidaturas. Todos serão rigorosamente expulsos de nosso partido.