Frente de Esquerda participa de debate na TV em Fortaleza

No dia 26 de agosto, o candidato da Frente de Esquerda Socialista, Renato Roseno (PSOL) participou de debate promovido pela TV Jangadeiro. Renato teve oportunidade de perguntar diretamente a Patrícia Saboya, candidata do PDT, apoiada por Tasso Jereissati, quem eram seus cinco maiores doadores. Ela pretende gastar mais de R$8 milhões nesta campanha. Cinicamente, Patrícia disse fazer uma campanha modesta e não saber exatamente quem contribuía com sua campanha.

Como princípio da independência de classe, a Frente de Esquerda Socialista não recebe dinheiro da burguesia. O PSTU espera arrecadar pouco mais de R$7 mil com a contribuição de militantes e simpatizantes. O PSOL, prevê R$ 18 mil. Todos os doadores de nossa campanha e a quantia doada são regularmente publicados no site da campanha (www.renatoroseno50.can.br).

Em outro bom momento Renato, que compõe sua chapa com Gonzaga (PSTU), operário da construção civil, dirigente sindical e referência da Conlutas em Fortaleza, questionou a prefeita Luizianne Lins (PT) sobre seu vice, Tim Gomes (PHS), representante histórico da direita em nossa cidade. Luizianne defendeu seu vice em nome do “pragmatismo” e do “realismo político”.

A coligação do PT em Fortaleza inclui ainda partidos como o PMDB, PMN, PSL, PTN, PRB, PSDC e PTdoB. No Ceará, o “pragmatismo” do PT o levou a alianças com o PSDB em 23 municípios e com o DEM em outros 26. Isso mostra que PT, PSDB e DEM têm o mesmo projeto de defesa da burguesia e ataque à classe trabalhadora.