Para acabar com a criminalidade é necessário resolver os problemas sociais

A verdade é que a violência é fruto de uma sociedade onde existe fome, miséria e baixa qualidade de vida. O crescimento descontrolado da violência está relacionado à crise econômica e social.

Cortes orçamentários para pagar a dívida externa e a aplicação de uma política econômica determinada pelo FMI tiveram conseqüências drásticas, aumentando o desemprego e provocando o caos nos serviços públicos. Se a Alca for implementada, a desagregação social e a violência ganharão proporções ainda maiores.

Uma sociedade onde milhares de excluídos são jogados no desemprego, enquanto as elites vivem na impunidade da corrupção, do tráfico de drogas e da superexploração, não tem a menor capacidade de acabar com a criminalidade.

Por isso, a primeira medida para acabar com a criminalidade é a ruptura com FMI e o fim do pagamento da dívida. Dessa forma, poderemos utilizar o dinheiro da dívida para investimentos em programas sociais e em um plano nacional de obras públicas que crie empregos, na construção de escolas, hospitais e creches.

Investir nos serviços públicos, como saúde e educação, gerando condições de vida dignas para os trabalhadores é fundamental para se construir uma nova sociedade, na qual a violência não faça parte do cotidiano. Somente um governo socialista dos trabalhadores poderá implementar este programa, após uma profunda transformação social.
Post author
Publication Date