Nota do PSTU de Bauru (SP) sobre as acusações de pedofilia contra o advogado Sandro Fernandes

Desde o dia 27 de setembro, acusações chocantes de pedofilia contra um conhecido advogado da cidade vem estarrecendo a região de Bauru, interior de São Paulo. Como o acusado já pertenceu aos quadros do PSTU, o partido na cidade divulgou a seguinte nota:O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) vem a público esclarecer que o advogado Sandro Luiz Fernandes não pertence a nossa organização desde novembro do ano de 2008. Não sendo, desde então, militante do PSTU.

Soubemos pela imprensa das graves denúncias de pedofilia feitas contra Fernandes. Independentemente de ter feito parte de nosso partido, exigimos que essas sejam devidamente apuradas e, se comprovadas, defendemos que o acusado seja rigorosamente punido, como qualquer um.

A pedofilia é um ataque brutal contra crianças incapazes de se defender e deve ser combatida por toda a sociedade.

Somos um partido conhecido pelo completo repúdio ao machismo e todas as formas de opressão. A opressão machista está intimamente ligada aos nefastos casos de pedofilia, estupros e toda forma de violência sexual.

Reforçamos que essas situações extremas de violência são fruto do modo de produção capitalista, que utiliza a opressão como meio de manter a exploração. É esse sistema que torna a nossa sociedade cada vez mais doente, expondo as crianças a violências de todo tipo.

Bauru, 27 de setembro de 2011

Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado