ENE continua: estudantes participam de grupos de discussão

[04/05/2006 – 16h19] O Encontro Nacional dos Estudantes continua e as discussões acontecem de forma empolgada, sobre a conjuntura, as necessidades atuais, as formas de luta e as tarefas futuras do movimento estudantil no país.

Após o painel de abertura, que ocorreu durante a manhã, todas as correntes presentes que produziram teses tiveram tempo para apresentá-las no início da tarde. No total foram apresentadas 11 teses, cada uma com o tempo de sete minutos.

Na apresentação das teses, Leandro Soto apresentou a proposta conjunta dos DCEs da UFRJ e UFMG e afirmou: “É preciso que a Conlute faça uma grande campanha na base das entidades contra o pagamento da dívida externa e por mais verbas para a educação. Além disso, filie-se à Conlutas e participe ativamente do Conat com uma delegação”, afirmou.

Após a apresentação das teses, iniciou-se a divisão dos estudantes em grupos de discussão, para garantir o debate sobre vários temas, tais como a conjuntura nacional, internacional e educação, opressões (mulheres, negros GLBTT) e estudantes secundaristas.

Mesmo em meio aos debates, algumas delegações ainda chegavam. Há pouco chegou a delegação do Piauí que, com problemas na estrada, teve um atraso de quase cinco horas.

Discussão democrática
Foram formados dez grupos para garantir uma divisão melhor e proporcionar a todos o direito de apresentar suas idéias e propostas. As discussões foram boas e avançaram em muitos pontos.

`Grupo

“Esse encontro é muito positivo, pois, somente com debates como esse e sua continuidade na base das entidades, será possível garantir um avanço mais rápido para a construção de uma entidade para as lutas”, avaliou o estudante Edgard Leite de Oliveira, do Centro Acadêmico de História do Centro Universitário de Belo Horizonte (MG).

Após o almoço, novos grupos estão sendo realizados. Dessa vez os estudantes dividem-se para discutir o movimento estudantil no país e apresentar novas propostas. Essas propostas, assim como as dos primeiros, serão sistematizadas e distribuídas a todos na plenária final, prevista para acontecer às 21h.