Dia mundial de luta contra a guerra: começam a ser organizados os protestos

No dia 19 de março, será batida a triste marca dos quatro anos de invasão do Iraque pelos Estados Unidos. Organizações e ativistas em todo o mundo começam a planejar o chamado “Dia mundial de luta contra a guerra”, que ocorre desde 2003, início da ocupação. A iniciativa surgiu no Fórum Social Mundial de janeiro daquele ano, em Porto Alegre.

No Brasil, as manifestações devem se concentrar no dia 8 de março, quando virá ao país o presidente George W. Bush, responsável pelo genocídio no Iraque. Além das investidas contra a soberania dos países da América Latina, os ativistas brasileiros protestarão contra a ocupação e o massacre do povo iraquiano.

Nos Estados Unidos, a ONG United for Peace and Justice (“unidos por paz e justiça”) já está convocando manifestações descentralizadas em 38 cidades. Os protestos serão realizados de 17 a 19 de março. No dia 17, o protesto ocorrerá em Washington, com uma marcha ao Pentágono. No dia seguinte, será a vez de Nova York. No dia 19, o ato terá lugar em São Francisco.

Outros países devem aderir a esse dia de protesto. O Portal do PSTU seguirá acompanhando o calendário dos eventos de luta contra a guerra pelo mundo.