Contra ataques dos patrões, assembleia aprova participação do PSTU na luta dos rodoviários de Fortaleza-CE

A campanha salarial dos rodoviários, em Fortaleza, está a todo vapor. Em negociação há mais de dois meses, os patrões não avançaram em nada a sua proposta. Os trabalhadores, junto com Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários (Sintro-CE) e a CSP-Conlutas, estão mobilizados, e a categoria está com disposição de luta.

O Sintro-CE e a CSP-Conlutas distribuíram 100 mil boletins nos sete terminais da capital cearense, mostrando o caos do sistema de transporte público. O informativo responsabiliza o sindicato patronal (Sindionibus) e a prefeita Luizianne Lins pela situação.

Ataque ao PSTU
Para tentar tirar o foco da campanha salarial e desmobilizar os rodoviários, o Sindionibus distribuiu, na semana passada, um panfleto atacando o PSTU. No material, o sindicato patronal atribui ao partido a forte campanha salarial dos rodoviários. Além disso, atribui ao partido a “introdução” da luta de classe na categoria.

Em resposta, o PSTU esteve na última assembleia da categoria com sua militância e distribui uma nota da direção municipal do partido. Na assembleia, foi aprovada, por unanimidade, a participação do PSTU na campanha salarial e na greve que começa nessa terça-feira, 2 de agosto.

Leia abaixo a nota do PSTU aos rodoviários.

É PRECISO LUTAR, É POSSÍVEL VENCER!
Todo trabalhador sabe que patrão não é amigo de trabalhador. Quem obriga a fazer dupla pegada, chupetilha, não paga hora-extra não pode ser amigo dos trabalhadores.

Todo trabalhador sabe que a única coisa que interessa aos patrões é garantir seus lucros. Para conseguir altos lucros eles nos pagam baixos salários e impõe um ritmo de trabalho alucinante.

Porém toda vez que procuramos melhorar nossa vida e das nossas famílias numa campanha salarial os patrões negam tudo. Sempre dizem que não tem condições, que um aumento nos nossos salários, na cesta básica ou um plano de saúde vai quebrar a empresa.

Enquanto trabalhamos mais e mais e nossos salários não garantem vida digna para nossas famílias, os patrões vivem bem, andam de carro importado e gastam em viagens no exterior.

É por isso que dizemos que os interesses de nós trabalhadores são diferentes dos interesses dos patrões. É por isso que qualquer trabalhador sabe que para termos conquistas é preciso lutar. Enquanto a classe trabalhadora luta para melhorar sua vida, os patrões lutam para continuar sua exploração. É isso que chamamos luta de classes.

Só com a nossa luta podemos melhorar a nossa vida. Juntos somos fortes e podemos vencer.

Por que o Sindionibus ataca o PSTU?
O Sindionibus ataca o PSTU para tirar o foco do reajuste de miséria que eles querem impor aos rodoviários. Em mais de um mês de negociação o Sindionibus quer dar apenas a inflação, sem ganho real, sem aumento na cesta básica e sem plano de saúde.

O Sindionibus ataca o PSTU porque o nosso partido defende um sindicato dos trabalhadores, sem patrões. A categoria se lembra que antigamente o Sintro tinha uma direção que não defendia os interesses dos trabalhadores. É por isso que o Sindionibus sente saudade da direção antiga.

O Sindionibus ataca o PSTU porque a categoria confia no nosso partido. Os rodoviários respeitam o PSTU porque sabem que somos aliados, que não nos vendemos para patrão nenhum.

O Sindionibus ataca o PSTU porque defendemos um sistema de transporte público e estatal. E que os próprios trabalhadores possam administrar. Essa é a única forma de termos um transporte de qualidade e barato. O PSTU defende que o Sindionibus abra as contas das empresas para sabermos seus verdadeiros lucros.

O PSTU é um partido diferente. Venha para o PSTU!
O PSTU é um partido diferente. Não aparecemos só nas eleições como os outros partidos. Vocês nos conhecem do dia a dia. Vocês nos vêem na garagem, na greve, no plebiscito. Somos socialistas, queremos construir uma nova sociedade, onde os trabalhadores e suas famílias possam viver melhor do que vivem hoje.

No PSTU não entra empresários. O PSTU não recebe dinheiro de patrões. Defendemos uma sociedade sem patrões, onde nós trabalhadores que somos a maioria da sociedade possamos viver sem sermos explorados.

Somos um partido de operários, professores, bancários e agora com muito orgulho também de rodoviários. A melhor resposta que podemos dar ao Sindionibus é juntos construirmos uma forte campanha salarial e arrancarmos um reajuste digno. Além disso, queremos convidá-los a conhecer nosso partido. Tome partido, filie-se ao PSTU.

DIRETÓRIO MUNICIPAL DO PSTU
Fortaleza, 28/07/11