Conlutas-MG realiza Encontro Estadual de Mulheres

Mulheres e homens de Minas se reúnem para discutir um programa feminista para a classe trabalhadoraNo dia 30 de março, aconteceu o II Encontro Estadual de Mulheres da Conlutas em Minas Gerais. Estiveram presentes 22 mulheres e 5 homens de diversas entidades dos movimentos sociais, estudantil e sindical, além do MTL e do PSTU. Foram discutidos os eixos temáticos que fazem parte da programação do Encontro Nacional, que acontecerá em São Paulo entre os dias 19 e 21 de abril.

Durante a discussão, ficou nítido que as questões das mulheres são um problema do conjunto da classe trabalhadora, já que o machismo, o racismo e a homofobia não trazem nenhum benefício para os trabalhadores, pelo contrário, estão a serviço da burguesia que utiliza as opressões para explorar mais.

Outro ponto importante levantado foi a criação da Lei Maria da Penha pelo governo Lula, que propõe punir mais severamente a violência contra as mulheres. A mesma foi editada às vésperas da sua reeleição, já que pesquisas mostravam sua baixa popularidade entre as mulheres. Ao mesmo tempo, o governo cortou 42% dos recursos para combater a violência contra a mulher.

Os índices de violência doméstica após a promulgação da lei não diminuíram, pois o número de agressores presos é muito pequeno devido à falta de política de proteção às mulheres denunciantes.

Por isso e por outras coisas, reafirmamos o chamado da Conlutas a construir um programa feminista pra o conjunto da classe trabalhadora. Chamamos todas e todos a participar do encontro em São Paulo.