Candidatos do PSTU sofrem ameaça em Bragança Paulista

No último sábado, 6 de setembro, três candidatos do PSTU às eleições municipais de Bragança Paulista (SP) faziam uma panfletagem numa feira no bairro Parque dos Estados, principal bairro operário da cidade, quando foram ameaçados. Participavam da atividade de campanha o candidato a prefeito, Fred Zenorini, a vice, Tales Machado, e o candidato a vereador, Junior.

Junior se encaminhava a uma farmácia quando foi interceptado por um sujeito que desceu de uma Kombi do candidato a vereador pelo PCdoB “Chicão do 1,98”, dono de uma loja em Bragança e que ficou alguns meses preso devido a uma acusação de porte ilegal de arma. Ele falava que o candidato não poderia distribuir o panfleto naquele local enquanto o candidato a prefeito Gustavo Sartori (PCdoB) estivesse por lá. Minutos antes esse candidato havia passado pelo local em campanha. O militante do PSTU resistiu e o sujeito tentou, a força, tomar os panfletos que estavam em sua mão.

Minutos após essa ameaça, os três foram interceptados por duas pessoas que se apresentaram como “donos da área”. Elas disseram que a melhor coisa a fazer era se retirar do local, pois eles estavam segurando outras pessoas que queriam dar um “fecha” nos candidatos e que, inclusive, tinham ido pegar um revólver e que e que, segundo eles, isso era devido a um “problema de política”. Após a ameaça, os candidatos se retiraram do local.

É necessário repudiar mais essa ameaça contra os candidatos do PSTU, que têm quebrado a polarização da direita nas eleições de Bragança Paulista, se apresentando como a única alternativa de esquerda e socialista para os trabalhadores da cidade.

LEIA A NOTA DA DIREÇÃO NACIONAL DO PSTU:

Direção Nacional do PSTU denuncia perseguição de candidatos e militantes do partido em Bragança Paulista (SP)

Na manhã do dia 6 de setembro, quando Fred, candidato do PSTU à Prefeitura de Bragança Paulista (SP), Xixa, candidato também do partido à Câmara Municipal da cidade, e alguns outros militantes do partido faziam campanha na Feira do Parque dos Estados, foram abordados violentamente e ameaçados de morte por jagunços e cabos eleitorais pagos pela frente eleitoral do PCdoB e do PSB da cidade.

Exigimos da Justiça Eleitoral de Bragança Paulista a garantia da segurança de nossos candidatos e militantes e a punição dos criminosos envolvidos na ação e, principalmente, dos candidatos e partidos que financiam estes bandidos da política.

Infelizmente, estamos vendo em grandes cidades do país, como o Rio de Janeiro, por exemplo, que políticos ligados ao crime organizado estão sendo eleitos sem nenhuma objeção da Justiça, enquanto os trabalhadores e o povo negro e pobre sofre no dia-a-dia com o desemprego, a falta de saúde e educação públicas e de qualidade e com a repressão policial.

Esperamos que fatos como estes não se repitam mais na campanha eleitoral da cidade. Vamos tomar todas as medidas cabíveis para garantir a segurança de nossos militantes e o direito democrático de expressarmos livremente nossas opiniões políticas.

São Paulo, 8 de setembro de 2008
Direção Nacional do PSTU