Bancários: Oposição reverte tentativa de fraude do sindicato

Mensalão em Brasília e fraude nas eleições em São PauloEnquanto Brasília estremecia com as denúncias de compra de deputados por meio do mensalão, distribuído pela direção do PT, na Capital paulista, o partido tentava fraudar as eleições bancárias. A direção do sindicato, que disputa sua permanência na entidade pela Chapa 1, montou um esquema eleitoral que abria espaço para todo tipo de fraude e inviabilizava a fiscalização nas eleições que deveriam ter ocorrido entre 14 e 20 de junho.

Para isso, o sindicato apresentou uma lista de associados totalmente irregular. A cada momento, a direção do sindicato divulgava um número diferente de associados aptos a votar. No balanço social do sindicato, divulgado no dia 31 de março, consta a existência de 60 mil associados. A Folha Bancária, órgão oficial da entidade, confirmou, no dia 10 de junho, a existência de 50 mil sócios. Já a edição seguinte falava em 42 mil.

Além disso, prédios bancários inteiros não constavam no roteiro das urnas e vários bancários tinham seus locais de trabalho informados incorretamente na lista. Diante da descarada tentativa de fraude, a Justiça, baseada em denúncia realizada pela Chapa 2, da Oposição Bancária, determinou, no dia 14, a suspensão das eleições por dez dias e a divulgação por parte do sindicato das listas reais de votação.

Assim como o PT em Brasília se empenha para abafar a CPI dos Correios e o escândalo do mensalão, a direção do sindicato lutou para derrubar a liminar e retomar as eleições. A suspensão das eleições foi revogada e o sindicato foi obrigado a estabelecer o real número de votantes e determinar a lista de associados. A diretoria foi pressionada também, perante a Justiça, a realizar um acordo com a Chapa 2, definindo uma nova data para as eleições, que agora ocorrem do dia 20 ao dia 23 de junho.

Chapa 2 realiza forte campanha
A Oposição Bancária segue com uma forte campanha na base bancária, contando com surpreendente receptividade dos funcionários, que têm dado demonstrações de apoio à chapa da oposição, mostrando que os bancários estão cansados de corrupção e sindicatos pelegos.

Post author
Publication Date