Ato lança comitê pela retirada das tropas

Após visitar a OAB-RJ e ser ouvido pela Comissão de Direitos Humanos da entidade, Didier ainda participou de um ato pela retirada das tropas de ocupação do Haiti.

Mais de 200 pessoas se reuniram num auditório da Câmara de Vereadores. Entre elas estavam Sandra Quintela, do Jubileu Sul; Glória Percinoto, conselheira da OAB; João Luiz Duboc Pinaud, jurista; Eliomar Coelho, vereador (PSOL); e Cyro Garcia, candidato a vereador pelo PSTU. Como o local ficou pequeno para tanta gente, a atividade foi transferida para as escadarias da câmara, na Cinelândia.

Durante sua fala, Didier levantou o plenário ao lembrar da caravana da Conlutas contra a ocupação e relatou a violência cometida pelas tropas da Minustah. A Conlutas recebeu uma bandeira do Haiti como símbolo da luta em defesa dos povos oprimidos. Ao final, os participantes cantaram palavras de ordem exigindo o fim da ocupação: “fora já, fora já daqui, Bush do Iraque e Lula do Haiti”.

Cyro Garcia falou que a luta do povo haitiano é a nossa luta, “porque o governo que põe as tropas no Haiti é o que as utiliza da mesma forma nos morros cariocas, que criminaliza os movimentos sociais e que reprime os trabalhadores”.

No final do ato, a Conlutas e o Jubileu propuseram o fortalecimento da campanha pela retirada das tropas. Também sugeriram retomar o comitê contra a ocupação, como foi discutido e aprovado no Encontro Latino-Americano e Caribenho (Elac), em Betim (MG).

Post author Tarsila Andrade, do Rio de Janeiro (RJ)
Publication Date