Assembléias elegem representantes dos metalúrgicos de São José dos Campos ao Conat

Duas assembléias realizadas no dia 12 de abril definiram os delegados que representarão os metalúrgicos de São José dos Campos (SP) no CONAT (Congresso Nacional de Trabalhadores). As reuniões foram realizadas na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, com presença de trabalhadores de 30 fábricas.

A primeira assembléia, realizada às 10h, reuniu 68 trabalhadores. Já a outra, das 18h, contou com a participação de 211 companheiros, o que totaliza 279 metalúrgicos presentes na escolha dos delegados. O quorum mínimo, que era de 255, portanto, foi atingido.

Foram eleitos 85 delegados e 7 observadores, que estarão participando das discussões da fundação de uma entidade nacional de luta e que reúna trabalhadores, desempregados, estudantes, aposentados e movimentos sociais.

O presidente do Sindicato, Luiz Carlos Prates, o Mancha, apresentou aos trabalhadores os nomes dos candidatos às vagas de delegados e colheu outros durante a própria assembléia. A lista foi aprovada por unanimidade.

“Este é um momento muito importante para a classe trabalhadora, pois estamos no processo de construção de uma entidade nacional, que defenderá nossos direitos e encabeçará as lutas contra os ataques do governo”, disse Mancha.

O CONAT acontecerá nos dias 5, 6 e 7 de maio, na cidade de Sumaré (SP). A expectativa é que este Congresso reúna cerca de 3 mil pessoas, entre trabalhadores, desempregados, estudantes, aposentados e membros dos movimentos sociais.

Organizado pela CONLUTAS, o CONAT terá como tema central a fundação de uma entidade nacional para encaminhar as lutas dos trabalhadores e setores oprimidos.