Aristides, Presente!

Faleceu na manhã desta segunda-feira, 15 de junho, de Covid-19 mais um combatente da classe trabalhadora: Aristides Tavares dos Santos, aos 59 anos.

Aristides foi um dos ativistas que fizeram greve de fome pela libertação dos presos políticos da Convergência Socialista em 1979, ainda sob a ditadura. Então secundarista da Zona Norte de São Paulo e depois operário em uma fábrica, foi militante da Convergência. Recentemente era autônomo e trabalhava em informática. Seu irmão, Augusto, é um lutador da nossa classe na CPTM.

Aristides é mais uma vítima dessa pandemia, desse vírus que o governo genocida de Bolsonaro chama de “gripezinha”, e que os capitalistas e seus governos, incluindo os governadores, não combatem de verdade. Pois, eles privilegiam proteger o lucro de grandes empresas e a acumulação de capital – ampliando o contágio e as mortes – a defender a vida da classe trabalhadora e dos pobres.

Nossa solidariedade a Augusto e a todos os familiares e amigos de Aristides.

Aristides, Presente!