Revolução Russa é lembrada em São José dos Campos

Revolução de Outubro de 1917 foi saudada por mais de 130 pessoas
Denis Ometto

No dia 9 de outubro, foi realizado um ato, convocado pelo PSTU de São José dos Campos e região (SP), para lembrar e comemorar os 90 anos da Revolução Russa de 1917.

Na mesa, estavam Rosangela, representando a diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos; Ernesto Gradella, representando o PSTU; e Alejandro Iturbe, pela Liga Internacional dos Trabalhadores (LIT-QI) pela revista Marxismo Vivo.

Na platéia, estiveram presentes 130 pessoas, fundamentalmente operários. Eram trabalhadores das metalúrgicas General Motors, Embraer e das fábricas da Chácara, Jacareí, da cervejaria Ambev e metalúrgicos aposentados.

Uma expressiva delegação dos trabalhadores dos Correios também apreciou o evento. Já os moradores do Pinheirinho alugaram um ônibus para vir ao ato, destacando-se a presença das mulheres.

A apresentação e as intervenções no ato afirmaram a necessidade de uma revolução no Brasil e no mundo e sua possibilidade real, seja pela situação revolucionária que existe na América Latina, seja pelo peso da classe operária industrial no Brasil, com a volta das lutas e a experiência que a classe está fazendo com o governo de Frente Popular de Lula.

Resta, como tarefa absolutamente necessária, a construção do partido revolucionário para ser o instrumento consciente deste processo. O PSTU e a LIT podem ser os embriões desta organização.

Como disse Marcílio, presidente do Sindicato dos Correios do Vale do Paraíba, “a grande presença dos companheiros aqui reforça nossa convicção na possibilidade da Revolução Socialista”.