Reunião discute a unidade nas lutas do segundo semestre

Uma reunião realizada em São Paulo no último dia 4 envolveu diversas entidades e avançou na unidade para as mobilizações deste segundo semestre. Estiveram presentes Conlutas, diversos setores da Intersindical (APS, CSOL, ASS, Enlace, PCB), MST, Assembléia Popular, MTL, CCLCP, Pastoral Operária e MTST.

As entidades discutiram ações conjuntas para o semestre, em torno às campanhas salariais (por aumento dos salários e gatilho salarial), pela diminuição e congelamento dos preços dos alimentos, pela redução da jornada de trabalho e demais reivindicações. Aprovaram também a luta contra a criminalização dos movimentos sociais.

Todos os setores devem participar do ato nacional que está sendo convocado pela Conlutas, em São José dos Campos (SP), no dia 20 de agosto. Foi definida ainda a idéia de construir uma jornada comum de lutas no período que vai de 12 a 16 de outubro, aproveitando a mobilização já definida pela Via Campesina no dia 16 e a indicação do Elac de promover ações contra o imperialismo nessa mesma semana em todos os países.

No dia 1º de setembro, haverá nova reunião para concretizar as ações em comum dos diversos movimentos. Essa reunião também debaterá a necessidade e a possibilidade de avançar em direção a uma unidade mais estratégica entre todos os setores do movimento sindical e popular que estão na luta contra os patrões e o governo.

Post author
Publication Date