Repúdio ao assassinato da vereadora Marielle do PSOL-RJ

O PSTU vem a público se solidarizar com os familiares, amigos da vereadora Marielle Franco e a militância do PSOL, e exigir a apuração rigorosa desse crime bárbaro. A vereadora foi assassinada a tiros na noite desta quarta-feira no bairro do Estácio, centro do Rio.

Tudo aponta para uma execução. O carro de Marielle foi emparelhado por um veículo cujos ocupantes dispararam, atingindo a vereadora e o seu motorista, Anderson Pedro Gomes, que também morreu na emboscada. Os assassinos fugiram em seguida sem levar nada.

Marielle havia denunciado uma ação truculenta da PM no último sábado na Favela de Acari.

O assassinato de Mariele demonstra mais uma vez que a intervenção militar no Rio, ao contrário de garantir segurança à população, só gera repressão e violência aos pobres e negros nas periferias e aos militantes dos movimentos sociais.

A morte de Marielle é responsabilidade não só daqueles que a executaram, como também de todos os governos que promoveram a intervenção no Rio de Janeiro e geram a exploração, miséria e violência no lugar de trabalho, saúde e educação

O PSTU se soma à exigência de investigação e punição dos assassinos e seus mandantes

– Abaixo a intervenção militar no Rio!
– Pelo fim da violência e da repressão contra os pobres e negros nas periferias!
– Fora Temer, Pezão e Crivella!

Direção Nacional do PSTU

LEIA TAMBÉM

Zé Maria: Intervenção militar no Rio vai aumentar a violência contra os pobres