Quinta-feira será um grande dia de protesto em Minas

Belo Horizonte terá, nesta quinta-feira, 3, uma manifestação contra os governos municipal e estadual. Os motivos são muitos e vão desde a violência policial contra comunidades pobres até o corte de verbas em áreas essenciais. Com o título “Todos contra Lacerda, Anastásia e seus ataques aos direitos do povo”, o protesto está sendo convocado por diversas organizações dos movimentos sindical, popular e estudantil.

O prefeito Marcio Lacerda (PSB) e o governador Antônio Anastasia (PSDB) estão questionados pelos trabalhadores e juventude de Minas, cansados de seus mandos e desmandos. Servidores públicos em campanha salarial, ocupações ameaçadas de despejo, feirantes ameaçados de remoção pela prefeitura, comunidades que tiveram moradores assassinados pela polícia, entre outros, estão mobilizados. A concentração na prefeitura está marcada para as 10h30, mas as atividades já começam às 8h, com a assembleia das categorias. Veja, abaixo, as reivindicações.

Material de divulgação do ato
Detalhe do material de divulgação do ato

SERVIÇO:
Grande ato “Todos contra Lacerda, Anastásia e seus ataques aos direitos do povo”
Às 10h30
Em frente à prefeitura

Convocam: CSP-Conlutas, ANEL, Movimento Mulheres em Luta, SindRede-BH, Sindeess, Fórum Permanente de Solidariedade às Ocupações, MTST, FAP-MG, Todos contra o Aumento, Instituto Helena Greco de Direitos Humanos e Cidadania, Associação dos Geógrafos Brasileiros-MG