PT entra na justiça contra programa de Heloísa Helena

No dia 1º de setembro, a direção do PT pediu na Justiça o direito de resposta ao programa de TV no horário eleitoral de Heloísa Helena. O PT alega que são infundadas as críticas que a candidata faz em relação às denúncias de corrupção no governo Lula.

No programa citado, Heloísa questiona as pesquisas de intenção de voto e diz que não acredita “que o brasileiro tão honesto seja capaz de dar a vitória ao banditismo político. No governo Lula, o fujão dos debates, teve de tudo: sanguessuga, mensaleiro, perseguição ao caseiro pobre, que denunciou orgias com o dinheiro público roubado, e tantas farsas mais, que dá náusea a quem tem vergonha na cara e amor no coração“.

O TSE negou o pedido do PT, mas proibiu que o programa fosse veiculado novamente.

Além do programa de Heloísa, os programas nos estados que criticam os candidatos do PT e da oposição burguesa também vêm sofrendo tentativas de censura.

Em Minas Gerais, o candidato à reeleição para o governo do estado Aécio Neves (PSDB) entrou na Justiça contra os programas de Vanessa Portugal, candidata da Frente ao governo. Os programas afirmam que Aécio foi financiado pela Votorantin e que, por isso, é conivente com a poluição do rio São Francisco. Também denunciam que Aécio esteve metido nas maracutaias da privatização da Vale do Rio Doce. Nilmário Miranda (PT) também entrou na Justiça, pois não gostou de ver seu nome relacionado ao valerioduto. Com isso, o PSTU perdeu três minutos e meio de programa.

Em Santa Catarina, o governador e candidato Luiz Henrique (PMDB) entrou com representação contra o programa de Joaninha de Oliveira, candidata a deputada estadual pelo PSTU, pois em seus 13 segundos, ela denuncia o desvio de verbas do Fundef pelo governo.

Todos esses processos demonstram que os programas de TV dos candidatos da Frente de Esquerda, apesar dos poucos segundos, estão incomodando Lula e a oposição burguesa. As ameaças e censuras não vão calar a voz desta alternativa, que seguirá rompendo a falsa polarização entre PT e PSDB/PFL.

LEIA TAMBÉM

  • Em Minas, PT e PSDB censuram programa