PSTU faz dia nacional do “Contra Burguês, vote 16”

Em várias regiões do país, militantes e apoiadores das candidaturas do partido saíram às ruas no dia 16São Paulo (SP)
Na capital, os militantes do PSTU realizaram uma concentração na Praça do Patriarca, no centro, por volta das 14h. Cerca de 40 militantes e apoiadores agitaram o local com bandeiraço, panfletagem e discursos. O ato também contou com a presença da candidata a vice-presidente, Cláudia Durans, que participaria mais tarde de um debate na PUC-SP. No final foi realizada uma passeata contra o machismo e a violência contra a mulher.

São José dos Campos (SP)
Cerca de 50 militantes, apoiadores e candidatos do PSTU se concentraram pela manhã na Praça Afonso Pena, no centro. Estiveram presentes o candidato ao governo de São Paulo, Luiz Carlos Prates, o Mancha, Toninho Ferreira, candidato a deputado federal, além dos candidatos a deputado estadual Renatão, metalúrgico da GM, e Valdir Martins, o Marrom, liderança da ocupação urbana do Pinheirinho.

Com bandeiras e panfletos, os ativistas caminharam no calçadão da cidade, fazendo campanha no comércio. Toninho, que disputou a prefeitura da cidade em 2008, foi bastante reconhecido pela população.
À tarde houve panfletagem na fábrica da GM. Cerca de 30 militantes, entre eles os candidatos Toninho e Renatão, compareceram na entrada de turno dos operários.

ABC Paulista
Na região operária do ABC, o dia começou às 5h, com panfletagens em duas importantes fábricas, Volkswagen e Scania. Com panfletos e bandeiras, os militantes do PSTU conversaram com os operários, tendo boa receptividade. Os ativistas do partido são conhecidos na categoria pelo trabalho e apoio na oposição metalúrgica e pelo boletim Ferramenta de Luta.

À tarde, as atividades na região do ABC se concentraram em Diadema. Houve bandeiraço no centro da cidade das 11h às 14h. Estiveram presentes cerca de vinte militantes e apoiadores, entre eles professores em intervalo de aula. A programação à noite teve um debate na Fundação Santo André.

Campinas (SP)
O dia começou na refinaria de Paulínia, a Replan, da Petrobras. Os militantes do PSTU e o petroleiro e candidato a deputado estadual Marcos Margarido panfletaram e conversaram com os trabalhadores. No local trabalham de 4 a 5 mil terceirizados da construção civil.

À tarde ocorreu um debate convocado pelo Centro de Estudos Marxistas (Cemarx), da Unicamp, sobre a esquerda e as eleições. O encontro reuniu o candidato a deputado estadual Tiãozinho (PT), o professsor Plínio de Arruda Sampaio Júnior (PSOL), o candidato a senador Antônio Mazzeo (PCB) e o professor Valério Arcary (PSTU). Participaram cerca de 100 pessoas, entre ativistas, professores e militantes.

Rio de Janeiro (RJ)
Pela manhã, militantes do PSTU prestaram solidariedade à mobilização do Sepe, o sindicato dos profissionais da educação estadual. À tarde, militantes e apoiadores realizaram uma caminhada pelas ruas do centro, com concentração na Praça Mauá. A atividade teve a participação do candidato à Presidência pelo PSTU, Zé Maria.
Em Niterói ocorreu uma panfletagem nos estaleiros das 5h30 às 7h. Contou com a participação do candidato a vice-governador, Miguel Malheiros.

Belo Horizonte (MG)
Na capital mineira, o dia 16 ocorreu na Praça Sete, local que é referência para a esquerda na cidade. A concentração começou por volta das 15h e reuniu cerca de 30 militantes e apoiadores, entre eles a candidata ao governo de Minas, Vanessa Portugal, o candidato a deputado federal Giba e o professor Gustavo Olímpio, candidato a deputado estadual. Os ativistas, munidos de bandeiras, carro de som e panfletos, fizeram uma agitação na praça, divulgando as candidaturas socialistas do PSTU. O Opinião Socialista também foi vendido pelos militantes.
Na parte da manhã, já haviam ocorrido panfletagens em fábricas da região de Contagem.

Salvador (BA)
Na capital baiana, o dia nacional de mobilização ocorreu na Praça Piedade, no centro. Cerca de 20 militantes do PSTU, além de apoiadores, fizeram panfletagem e apresentaram à população o candidato ao governo, o professor Carlos Nascimento. Ele defendeu a educação pública e denunciou a violência policial contra a juventude negra e a discriminação contra gays e lésbicas.

Camaçari (BA)
Em Camaçari, região metropolitana de Salvador, o dia 16 começou logo cedo. Por volta das 9h, os militantes do PSTU percorreram as ruas do bairro Nova Vitória, onde mora o metalúrgico da Ford e candidato a deputado estadual José Wellington dos Santos, o Índio.

A caminhada começou após a assembleia dos metalúrgicos, que estão em greve desde o dia 8. Com panfletos e bandeiras e embalados pelo jingle do candidato, os militantes conversaram com as pessoas e visitaram moradores, grande parte deles operários como Índio.

Recife (PE)
O dia 16 ocorreu no centro da cidade, em frente ao prédio central dos Correios. Com carro de som, bandeiras e panfletos, os militantes divulgaram as candidaturas socialistas. O ato também contou com o apoio de trabalhadores dos Correios, além de servidores da Justiça Estadual e da educação municipal, além da juventude.

Teresina (PI)
As atividades ocorreram na Avenida Frei Serafim e reuniram militantes e apoiadores das candidaturas do PSTU. A concentração começou por volta das 17h, com vinte ativistas. Estiveram presentes a candidata a deputada estadual Solimar Silva (bancária), o candidato a deputado federal Daniel Solon, o candidato ao Senado Gervásio Santos, além do candidato ao governo, Geraldo Carvalho. O ato contou com bandeiraço, panfletagem e discursos.

Post author
Publication Date