PSTU de Ipiaú (BA) promove encontro sobre reformas

Evento ocorre na semana do plebiscito e do Grito dos ExcluídosO PSTU estará realizando no dia 1º de setembro, na Câmara de Vereadores de Ipiaú, o I Encontro sobre as reformas do governo Lula e do FMI. Os socialistas irão debater o direito a greve, 13º salário, licença-maternidade, 40% FGTS, aposentadoria, ratificando o manifesto da Frente Nacional Contra as Reformas. Eles chamam a atenção para a “falácia” do governo Lula, que “em nome de uma ‘modernidade´, prega-se ‘mudanças´ na CLT e na Constituição Federal, sempre no sentido de retirar direitos dos trabalhadores. Propõe-se o fim da multa de 40% sobre o saldo do FGTS, por ocasião da demissão sem justa causa; perda de direitos como o 13º salário, licença maternidade, férias, entre outros”, justifica.

Albione, líder do partido no município, explica “que essas experiências de flexibilização foram aplicadas na Espanha na década de 80/90 e o desemprego saltou de 10% para 22%. Na Argentina, na década de 80 o desemprego de 6%, passou a 20% após as mudanças nas leis trabalhistas iniciadas em 1991. No Chile, que teve sua Reforma Trabalhista implantada em 1978/79 o desemprego chegou a 20%. Na Colômbia, em 1985 o desemprego que rondava entre 5% e 6%, após as reformas impostas por pressão dos EUA, chegou a 20%”.

O PSTU alerta ainda que “os trabalhadores não podem ser sacrificados apenas para que os Bancos e grandes empresas possam anunciar seus recordes de lucratividade”.

I Encontro Sobre as Reformas do Governo Lula/FMI
O encontro focalizará as discussões sobre as reformas sindicais, trabalhistas e previdenciárias, tendo Daniel Romero como palestrante. Romero é professor de sociologia da CEFET (BA), mestre em sociologia (Unicamp) e membro do Ilaese (Instituto Latino-Americano de Estudos Sócio-Econômicos), além de autor do livro “Marx e a Técnica”.

O evento começará às 14h, onde, na oportunidade, militantes do PSTU darão início a mobilização para o manifesto do “Grito dos Excluídos”, que acontecerá no dia 7 de setembro.

“Portanto, no dia 1º de setembro, compareça à Câmara de Vereadores de Ipiaú e venha discutir conosco. Conclamamos a classe trabalhadora e a sociedade a levantarem-se contra a injustiça que pretende retirar dos trabalhadores direitos e conquistas” concluiu Lucas, militante do partido.
Maiores informações pelo telefone (73)3531-3573 (Albione), ou pelo celular 8109-1597 (Lucas).

Texto publicado na imprensa local