Professores do Rio mantêm greve

Os professores da rede estadual do Rio de Janeiro estão em greve há 50 dias. Quando o governador Anthony Garotinho renunciou para se candidatar à presidência, a greve estava em seu 29º dia. Desde lá, a greve prosseguiu sob o governo de Benedita da Silva, do PT.

Alegando que Garotinho deixou um déficit de R$ 1 bilhão, a governadora do Rio nega-se a atender qualquer uma das reivindicações dos trabalhadores da Educação. Ela diz ainda que tem que cortar despesas na ordem de R$ 730 milhões para cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal. E, para isso, pediu um voto de confiança e a suspensão da greve.

A categoria respondeu que a greve continua, quer que o governo do PT suspenda o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal e o pagamento das dívidas do Estado com o governo federal, os empreiteiros e os banqueiros, e que abra as contas do Estado para as entidades do funcionalismo. Pois dessa forma, será também possível convocar uma audiência pública para denunciar o governo Garotinho.

Moções de apoio à greve devem ser enviadas para:

Sindicato dos Professores

do Rio de Janeiro

Telefax (0xx21) 2569-5420

SHARE
Artigo anteriorEducação
Próximo artigoUma lição de luta na Bahia