Pesquisa revela desgaste da imagem do Congresso e da Justiça

Pesquisa divulgada nesse dia 27 de setembro na Câmara demonstra a enorme desconfiança da população nas instituições políticas, principalmente o Congresso Nacional. A pesquisa, intitulada “A Imagem das Instituições Públicas Brasileiras”, foi realizada pela Opinião Consultoria a pedido da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e ouviu, do dia 4 a 20 de agosto, 2011 pessoas de todos os estados.

Segundo a pesquisa, realizada antes do escândalo da absolvição de Renan Calheiros, 80,7% não confiam no Senado, que conta com a aprovação de apenas 14,6%. Já 83,1% das pessoas entrevistadas não confiam na Câmara dos Deputados. Apenas 12,5% afirmaram confiar na instituição. A Câmara ficou em último lugar nas seis instituições citadas pela pesquisa.

No entanto, não é apenas o Poder Legislativo que tem sua imagem corroída. Metade dos entrevistados declarou não confiar no Judiciário. Apenas 41% afirmaram confiar na Justiça, 8,2% não souberam responder. Diante da enxurrada de escândalos e denúncias de corrupção no Congresso, o Judiciário é sempre apresentado como a última esperança de manutenção da credibilidade das instituições.

Nem mesmo o governo Lula escapa da crise de confiança. Apesar dos altos índices de popularidade de Lula indicada por pesquisas recentes, 54,5% das pessoas afirmaram não confiar no Governo Federal.

Além disso, 79,8% discordam do recurso do foro privilegiado. Já 95,3% acham que um político processado na Justiça não pode concorrer às eleições. Dos deputados reeleitos nas últimas eleições, 55 respondem a processos ou estão sendo investigados por algum crime, ou seja, mais de 10% de toda a Câmara.

  • Veja a pesquisa