Pela reincorporação de Orlando Chirino

O dirigente sindical venezuelano Orlando Chirino foi despedido recentemente da PDVSA, a empresa petroleira estatal. Esse fato representa um novo ataque do governo de Chávez à autonomia sindical dos trabalhadores venezuelanos aqueles que se opõe à sua política.

Está se desenvolvendo uma intensa campanha nacional e internacional em solidariedade a Chirino, em repúdio à sua demissão e exigindo sua reincorporação à PDVSA. A LIT-QI adere a esta campanha e, mais que impulsioná-la, chama a somar-se a ela todas as organizações operárias, sindicais e de esquerda e a assinar o abaixo-assinado lançado.

Em 8 de fevereiro, a LIT-QI emitiu uma declaração que, entre outros conceitos, expressava: “Queremos fazer chegar nossa mais ampla solidariedade ao companheiro Orlando Chirino e repudiar sua demissão. Ao mesmo tempo, exigimos do governo venezuelano e das autoridades da PDVSA sua imediata reincorporação e chamamos a desenvolver a campanha internacional que está se realizando nesse sentido”.
Veja abaixo o texto do abaixo-assinado da campanha:

“Ao engenheiro Rafael Ramírez (Ministro de Energia e Petróleo)
Presidente da Petróleos de Venezuela e demais membros da direção da PDVSA
Os abaixo-assinados nos dirigimos aos senhores a fim de solicitá-los a reintegração a seu posto de trabalho de Orlando Chirino, coordenador-nacional da União Nacional de Trabalhadores (UNT), que jogou um papel protagonista contra o golpe de estado de abril de 2002 e na defesa da indústria petroleira nos dias da paralisação-sabotagem contra a PDVSA no mesmo ano.

Chirino foi despedido sem justificativa da PDVSA, já que atualmente se encontra protegido pelo estabelecido na Lei Orgânica do Trabalho no relativo ao foro sindical, dado que é integrante da direção do Sinutrapetrol (Sindicato Único de Trabalhadores Petroleiros), com o cargo de secretário de Segurança e Higiene, e, por outra parte, é coordenador nacional da UNT.

Em virtude do antes expostos assim como em honra à trajetória transparente e a serviço dos interesses da classe trabalhadora da Venezuela desenvolvida por Orlando Chirino durante mais de três décadas como dirigente sindical, e reconhecida por milhares de trabalhadores, independentemente de suas posições políticas e ideológicas, é que fazemos a presente solicitação”.

Enviar pronunciamentos ao e-mail solidaridadconchirino@yahoo.com, (com cópia para litci@terra.com.br), detalhando a organização a que pertence e, se é o caso, cargo sindical, político ou estudantil.

Post author Liga Internacional dos Trabalhadores – Quarta Internacional (LIT-QI)
Publication Date