Oposição e Conlutas avançam em eleições do Sepe-RJ

As eleições do Sepe (Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação) ocorreram entre os dias 16 e 19 de junho e expressaram um importante avanço da oposição. A chapa 1, formada por setores da Intersindical e do MTL, obteve 6.502 votos, ou 37,2% do total. Já a chapa 4, “Sepe na luta pela educação, contra a crise e a privatização”, composta pela Conlutas e Intersindical, teve 5.904 votos, ou 33,8%. De um total de 18.551 votantes, a soma dessas duas chapas significa 71% da direção eleita.

Já as chapas da CUT e da CTB, juntas, conquistaram 5.064 votos, ou 29%. Esta é a segunda maior votação nos 30 anos de sindicato. Significa que os trabalhadores da educação pública no Rio de Janeiro terão mais força e uma direção de luta para enfrentar os ataques de Lula e a privatização de Sérgio Cabral e dos prefeitos da capital e interior.

O resultado expressa também um grande avanço da Conlutas. Foram eleitos ativistas para a direção na capital e nas regionais I, IV, e para a co-direção nas regionais II, III, IV e VIII. Na Baixada Fluminense e no interior, a Conlutas elegeu pessoas para a direção e co-direção de 17 núcleos dos 47 que o sindicato organiza.
Post author Da redação
Publication Date