O caso do apoio financeiro de Cuba

A revista Veja fez um escândalo com o suposto apoio financeiro de Cuba para a campanha de Lula. Nós estivemos na primeira linha da denúncia da corrupção do governo Lula, assim como da oposição burguesa. Mas a denúncia da Veja traz uma tentativa de demonstrar o governo Lula como vinculado a interesses estrangeiros, por uma manipulação internacional da “esquerda”.

É impressionante o cinismo da direita brasileira. Segundo eles, não há nenhum problema que o governo Lula tenha um presidente do Banco Central que é um funcionário do Bank of Boston. Tampouco que o vice- presidente da República, antes apresentado como representante da indústria brasileira, hoje seja um sócio minoritário de uma grande empresa norte americana. Tampouco existe qualquer questionamento ao financiamento pelas grandes multinacionais com centenas de milhões de dólares, tanto da campanha do PT como do PSDB-PFL. O problema é que Cuba teria contribuído para a campanha de Lula.

Não temos nenhuma simpatia por Castro, que conduz de forma ditatorial a restauração do capitalismo em Cuba, retrocedendo as conquistas de uma revolução que fez história na América Latina. Não achamos tampouco que Castro seja representante de qualquer posição de “esquerda” no mundo.

Mas a denúncia da Veja é ridícula e o PT está gaguejando, na defensiva completa neste caso, porque é incapaz de assumir uma posição classista: também tem o rabo preso com as grandes empresas estrangeiras que financiam a oposição de direita.
Post author
Publication Date