Novo Dia Nacional de Luta dos servidores será nesta quinta-feira (9)

Nesta quinta-feira (9) os servidores públicos federais do país, apoiados por diversas outras categorias, vão realizar mais um grande Dia Nacional de Luta nos estados.A manifestação será uma das ações previstas no calendário do período aprovado pelo Fórum Nacional de Entidades dos Servidores Públicos Federais que, reunido no 1º dia do mês, também deliberou realizar outro acampamento nacional em Brasília, do dia 13 a 17 de agosto. No dia 15, os trabalhadores vão sacudir a capital do país com mais uma marcha.

Neste mesmo período o governo deve remarcar as reuniões que cancelou na véspera da data estipulada por ele mesmo para dar resposta às reivindicações do funcionalismo, 31 de julho. Por enquanto as negociações estão completamente paradas, assim como também continuam paradas mais de 26 categorias em 25 estados e no Distrito Federal.

A greve cresce com a intransigência e o desrespeito de Dilma. Os policiais federais, servidores do Banco Central e do Judiciário aprovaram adesão ao movimento. Os fiscais da agricultura e outros setores do Poder Executivo, como o caso dos servidores do SPU (Secretaria do Patrimônio da União) e da Imprensa Nacional, também devem definir se paralisam atividades por tempo indeterminado em assembleias nos próximos dias.

A proximidade da LOA (Lei Orçamentária Anual) é um forte motivo para intensificar a mobilização e a pressão por respostas do governo às principais demandas do setor público. O dia 31 de agosto é o prazo final para o encaminhamento dos projetos de lei que contenham previsão orçamentária para 2013.

Enquanto o ministro da Fazenda, Guido Mantega, reforçou declarações na última sexta-feira de que neste momento de crise a prioridade do Governo Dilma será atender a iniciativa privada, a prioridade dos servidores continua sendo lutar por recursos públicos para melhorar o atendimento à população.