Nota do PSTU contra o aumento da passagem em Teresina

R$ 2,10 É ROUBO! REDUÇÃO E CONGELAMENTO DA TARIFA DE ÔNIBUS, JÁ!

Pela criação de uma empresa municipal de transporte coletivo! Passe-livre para estudantes e desempregados!

Abaixo a repressão! Não à criminalização de quem luta contra o aumento da passagem!

O prefeito de Teresina, Elmano Ferrer (PTB) assinou decreto em 26 de agosto que aumentou a passagem de ônibus em 10%, passando de R$ 1,90 para R$ 2,10. O aumento é um verdadeiro assalto ao bolso dos/as trabalhadores/as e da juventude de Teresina, que enfrentam diariamente a péssima qualidade do serviço de transporte, com ônibus velhos e lotados. A nova tarifa é um roubo, mas quem é criminalizado é o movimento que luta contra o aumento da passagem. O prefeito chamou a tropa de choque da PM para reprimir brutalmente as justas manifestações contra o aumento, resultando em prisões e muitos ativistas feridos, desde a última segunda-feira (29), quando foram retomados os protestos por redução e congelamento da tarifa.

Com o aumento do preço do transporte a situação de sufoco vai piorar ainda mais para a classe trabalhadora, a juventude e os mais pobres de Teresina. Uma pesquisa recente, da Federação do Comércio (Fecomercio), aponta que as famílias teresinenses estão gastando, em média, a assustadora parcela de 36% da renda mensal para pagamento de empréstimos e financiamentos.

Bom mesmo só para os grandes empresários, como os donos de empresa de ônibus (Setut), aliados do prefeito Elmano Ferrer, e para os banqueiros, que comemoram a política econômica do governo Dilma (PT) em aumentar as taxas de juros, que vai provocar ainda mais endividamento do país e das famílias de trabalhadores/as.
Não dá pra aceitar qualquer aumento nas tarifas de serviços públicos, dentre eles o da passagem de ônibus. Exigimos que o prefeito Elmano revogue imediatamente o reajuste, reduzindo a tarifa para R$ 1,75 tal qual defende o Ministério Público Estadual, tendo em vista a farsa que é a planilha de custos apresentada pelos empresários. Além de redução e congelamento da passagem, também exigimos passe-livre para os estudantes e para a população desempregada, e a criação de uma empresa pública de transporte, sob o controle dos/as trabalhadores/as.

Só municipalizando a frota de ônibus e acabando com a máfia das empresas de ônibus do Setut teremos transporte público de boa qualidade e com tarifa justa. Por isso, o PSTU manifesta total apoio ao Fórum Municipal de Transporte Público composto pela Central Sindical e Popular – CSP Conlutas, Assembleia Nacional de Estudantes Livre (ANEL) e outras entidades/movimentos que impulsionam as lutas contra o aumento da passagem e por transporte digno.

  • Todo apoio à luta contra o aumento da passagem!
  • Todos ao ato contra o aumento das passagens, dia 1° de setembro!

    Participe do ato contra o aumento das passagens, dia 1° de setembro, às 10h, convocado pelo Fórum Municipal de Transporte Público. Concentração na avenida Frei Serafim, de onde sairá passeata rumo à prefeitura municipal.

    Teresina, 31 de agosto de 2011