Não a divisão do Pará

O Congresso Nacional aprovou a realização de um plebiscito para decidir sobre a divisão do Pará em três estados. Respeitamos e concordamos com a opinião e o sentimento dos trabalhadores de todo o estado do Pará, em particular das regiões sul, sudeste e oeste em relação à incompetência do governo do estado em garantir emprego, terra, saúde, educação e saneamento para todos.

No entanto, essa é uma realidade para a maioria dos trabalhadores de todo o Pará. Somos contrários à divisão do estado e chamamos os trabalhadores paraenses, de todas as suas regiões, a votar contra a divisão.

Quem manda em nosso estado são as multinacionais, como a Vale e a Cargil, e um punhado de latifundiários e mega-empresários. A divisão do estado é uma proposta dos latifundiários e das multinacionais que controlam o campo paraense. Ao contrário, do que se pensa, a divisão do estado irá aprofundar a miséria e o caos no interior do Estado, pois a maior parte do orçamento dos possíveis estados de Carajás e Tapajós será, caso seja aprovada a divisão, para garantir a própria máquina administrativa desses estados (a criação do poder Executivo, Legislativo e Judiciário). Os mais prejudicados com a divisão do Estado serão os trabalhadores, de todas as regiões do Estado, pois faltarão verbas para sãs áreas sociais que serão consumidas pelos políticos corruptos da região.

– Não à divisão do Pará!
– Queremos o Pará unido para os trabalhadores!
– O minério tem que ser nosso! Pelo aumento dos royalties da mineração de 2% para 10% rumo à reestatização da Vale!
– Reestatização sob controle dos trabalhadores da CELPA e das multinacionais que exploram nossas riquezas!
– Reforma agrária já!
– Por um governo socialista dos trabalhadores!

Post author
Publication Date