Manaus entra na rota do dia 23

Nesta quinta-feira, 17, aconteceu uma reunião de preparação para o dia 23 de maio em Manaus. Os preparativos para esse dia começaram ainda no 1º de Maio, seguido de uma reunião no dia 14. Em cada reunião, aumenta o número de entidades sindicais envolvidas para essa atividade tão importante: a jornada de lutas.

Na reunião que ocorreu no dia 17, participaram o Sindicato dos Fazendários (Sifam), o Sindicato dos Previdenciários (Sindisprev), o Sindicato dos Trabalhadores dos Correios (Sintect), o Movimento de Sem-teto de Luta (MSTL), a Oposição de Professores, que reivindica a Conlutas, e uma representante do Sinasef, que vai discutir com a diretoria a participação no fórum de entidades.

Foi marcado um ato Público para o dia 23, às 16h, na Praça do Congresso e uma passeata por uma importante avenida da cidade, a Eduardo Ribeiro, em direção à Praça da Matriz, onde se encerrará a atividade. Além disso, os previdenciários têm assembléia marcada para o dia 22 e podem deliberar por uma paralisação parcial da categoria.

Nos dias que se restam até o dia do ato, será cumprido um calendário de mobilizações e panfletagens nas categorias dos sindicatos que estão organizando a atividade. Todos estão muito animados e entusiasmados por acompanhar essa importante jornada de lutas contra as reformas de Lula.

Ainda como parte da mobilização, foi convocada uma coletiva com a imprensa para o dia 21. Os dirigentes sindicais explicarão as razões e os objetivos da mobilização nacional, resgatando o seu caráter de luta contra as reformas do governo Lula.