General Motors impede assembleia em São José dos Campos

Na General Motors (GM), em São José dos Campos (SP), a Polícia Militar impediu, na madrugada desta sexta-feira, que carros do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos trafegassem pela avenida marginal da Rodovia Presidente Dutra, que dá acesso à fábrica. A empresa também desviou os ônibus que levavam os trabalhadores do 1º turno, impedindo-os que participassem das manifestações pelo Dia Nacional de Luta. Estavam programadas duas assembleias na fábrica.

“A postura da GM é uma grave afronta à democracia e à organização sindical. Participar de assembleias é um direito dos trabalhadores. O autoritarismo da montadora, nesta manhã, mostra que a empresa já percebeu que a categoria está insatisfeita e disposta a resistir aos ataques patronais”, afirma o presidente do Sindicato, Vivaldo Moreira Araújo.