Fuera Bush: Uruguai protesta contra presidente dos EUA e Vázquez

Protesto no centro de Montevidéu
Reprodução

No Uruguai, segundo país visitado por Bush, pelo menos seis mil pessoas foram às ruas em Montevidéu. Houve participação inclusive de militantes da Frente Ampla, partido do presidente Tabaré Vázquez. Os ativistas realizaram ações de protesto em lojas do McDonald`s – onde vidraças foram quebradas – e num prédio da Igreja Universal, segundo a agência France Press.

Uma passeata ocupou as ruas nas proximidades do hotel onde Bush se hospedou na sexta-feira, 9. Dois bonecos enormes foram queimados: um de Bush e outro de Vázquez. Os ativistas lançaram rojões enquanto gritavam “Bush, fascista, você é que é o terrorista” e “Tabaré, você é um covarde”. Bush e sua comitiva presenciaram os atos. Numa agência do banco ABN-Anro, a frase “Morte ao capital!” foi pichada.

Vázquez recebeu Bush em sua fazenda, na cidade de Colônia do Sacramento, onde também houve protestos. Cerca de 200 manifestantes foram barrados pela polícia a 5km da propriedade de Vázquez.

LEIA TAMBÉM

  • Fuera Bush: Povo colombiano reage à repressão