Frente de Esquerda apresenta-se como alternativa em Aracaju

A militante do PSTU, Vera Lúcia, é a candidata a prefeita de Aracaju (SE) pela Frente de Esquerda (PSTU-PSOL). Ela se apresenta como alternativa para os trabalhadores e para a juventude, já que o PT e o PCdoB estão coligados com o PSDB para garantir a reeleição. Vera Lúcia tem aparecido com bons índices nas pesquisas: 6% e 4,5% no DataForm e chegou a 10% em outro instituto de pesquisa.

A campanha da Frente de Esquerda vem crescendo. Militantes do PSTU realizaram panfletagem na Petrobras (Pólo Atalaia), na última sexta-feira, 29. Logo cedo, os operários da unidade entravam para mais um dia de trabalho e foram recepcionados por mulheres e homens de bandeiras e panfletos nas mãos que traziam consigo as palavras-de-ordem: “peão não vota em patrão, nem em ladrão” e “peão vota em peão”.

Candidato socialista também para a Câmara
Nestas eleições, o PSTU de Aracaju lançou pela Frente de Esquerda a candidatura do petroleiro Stoessel Chagas, o Toeta, para vereador. Ele tem forte identificação com a base de sua categoria por conta de seu trabalho na direção do sindicato. Já dirigiu e dirige várias greves e outras lutas em defesa dos direitos dos trabalhadores.

Exemplo disso foi a greve deflagrada na Heringer, empresa de fertilizantes, da qual 13 funcionários foram demitidos, recentemente, por perseguição política. A categoria se mobilizou e fez uma greve de três dias em protesto contra a demissão arbitrária de seus companheiros.

O PSTU usa seu programa eleitoral pra denunciar tais injustiças e para defender a redução da carga horária de trabalho, sem redução dos salários, e a incorporação dos trabalhadores terceirizados, por entender que esses são mais suscetíveis às perseguições patronais e aos ataques mais ferozes das empresas aos seus direitos.

Nas eleições e na luta para transformar a sociedade
O partido sabe que apenas conquistando uma vaga dentre as 21 oferecidas para vereador ou somente vencendo as eleições para a prefeitura não terá espaço suficiente para alcançar tais vitórias nos espaços burgueses. Mas a gestão desses cargos pelo PSTU não será construída dentro de um gabinete. Mas nas ruas, junto às mobilizações do Povo. E o povo, sem dúvida, tem poder mais do que suficiente para conquistar o direito de ser feliz e viver de forma digna.

Agenda de Campanha
Os candidatos socialistas do PSTU de Aracaju participam durante todas as semanas de plenárias para a construção do programa da Frente de Esquerda nas quartas-feiras, às 18h na sede do Sindipetro.

Às sextas-feiras, são promovidos palestras e debates abertos à comunidade em geral na sede do PSTU, que fica na avenida Gasoduto, 1538-B, Conjunto Orlando Dantas. Nesta sexta, 5, às 19h, o tema a ser discutido será a criminalização dos movimentos sociais.

No sábado, 6, acontece uma feijoada a partir das 11h, no quiosque do Duda, na praia de Atalaia, organizada por petroleiros e trabalhadores de outras categorias.