Fora Meirelles e Casseb! Abaixo o plano econômico de Lula e FMI!

`HenriqueLula não cansa de tentar demonstrar que o crescimento econômico é uma grande vitória do governo e que vai resolver todos os problemas do país. O agro-negócio, no entanto, um dos pilares do atual crescimento, é parte fundamental da recolonização imperialista e está apoiado na super-exploração dos trabalhadores, inclusive no trabalho escravo.

O setor que mais vê o “espetáculo do crescimento” é o dos grandes bancos. E não é por acaso, que o Bradesco e o Itaú revelaram impressionantes lucros, mais uma vez recordes, no primeiro semestre deste ano.

Apesar de demonstrar otimismo, o governo está sacudido pela crise envolvendo Meirelles e Cássio Casseb. Motivos não faltariam para a demissão de Henrique Meirelles, presidente do BC e Cássio Casseb, presidente do Banco do Brasil. Eles estão envolvidos em denúncias de falsificação em suas declarações ao Imposto de Renda, movimentação ilegal de dólares no exterior e um grande etc.

Mais ainda, essas notícias vazaram pela utilização de uma pequena parcela das informações até agora encobertas pela CPI do Banestado. Tanto o PT como o PSDB, que dirigem essa CPI, querem a todo custo evitar que se abra a sua “caixa-preta”, porque as informações de lavagem de dinheiro que já foram coletadas afetariam grande parte dos donos de grandes bancos e políticos do PSDB, PFL, PT etc.

Mas, como parte da crise atual, algumas dessas informações contra Meirelles e Casseb acabaram vazando. Nada que seja novo no mundo da burguesia, em que expedientes como fraudar o Imposto de Renda e remeter dólares para paraísos fiscais são extremamente comuns.

Mas, diante disto, restam muitas perguntas ao governo Lula.

Em primeiro lugar, como se pode exigir que os trabalhadores paguem imposto de renda, se os “chefões” das duas maiores instituições do Estado no setor financeiro são fraudadores do fisco? Como se pode prender um miserável que rouba para comer, se estes figurões riquíssimos ficam impunes?

Por que o governo Lula não quer demitir Meirelles? Esta resposta é simples: por não querer abalar suas relações com os grandes bancos nacionais e estrangeiros. Meirelles é um homem do BankBoston, do qual já foi presidente.

Por que o PT segue encobrindo todas as revelações da CPI do Banestado? Porque não quer causar “instabilidade” no país, abrindo uma crise política ao expor uma parcela considerável da grande burguesia do país.

O governo Lula, que já tem em seu currículo o aprofundamento do plano neoliberal do FMI, vai agora entrando também para a história como o governo que tenta encobrir os escândalos dos donos dos grandes bancos.
Post author
Publication Date