Em São Luís, PSTU denuncia a repressão policial aos negros e pobres da periferia

Claudicéa Durans
PSTU-MA

Claudicéa Durans, candidata a vereadora pelo PSTU e militante do novo movimento negro da Conlutas em São Luís (MA), fez caminhada pela ruas do bairro da Liberdade neste domingo, dia 14. O bairro é uma das grandes concentrações da população negra da capital maranhense.

A caminhada contou com a participação do candidato a prefeito Welbson Madeira, dos militantes do partido e ativistas do movimento Hip Hop Quilombo Urbano e da Conlute.

Claudicéa denunciou a repressão à população negra do Haiti realizada pelas tropas brasileiras enviadas por Lula e a política racista do governo Jackson nas periferias da capital maranhense. “Quem governa para os ricos nada tem a oferecer aos pobres, a não ser repressão, desemprego, racismo e compra de votos”, falou a candidata do PSTU.

Dias antes, o bairro foi escolhido pelo Exército para realizar um treinamento militar com soldados que integrarão a missão brasileira no Haiti por apresentar diversas semelhanças. Os moradores da Liberdade puderam perceber a mentira que é a “missão de paz” liderada pelas tropas brasileiras no Haiti.

A candidatura de Claudicéa Durans está a serviço da luta pelo fim da repressão policial ao povo negro e pobre e pela retirada das tropas do Exército e da Força Nacional de Segurança das comunidades carentes.