Em Olinda, bloco “Cabelo de Fogo” homenageia professora Sandra Fernandes

O bloco carnavalesco “Cabelo de Fogo”, que sai pelas ruas de Olinda na tarde da terça-feira de carnaval, é uma homenagem à professora Sandra Fernandes, ativista das lutas femininas, professora, militante do PSTU e uma grande mobilizadora do frevo no pé. Sandra Fernandes foi assassinada em 2014, junto com seu filho, pelo ex-companheiro, já preso e condenado.

O nome do bloco faz referência à forma como Sandra coloria os seus cabelos para os dias de folia. A cor vermelha expressava a sua energia e alegria como enfrentava a luta e a animação no carnaval.

“Cabelo de Fogo” também é um frevo clássico do carnaval de Pernambuco de autoria do Maestro Nunes. Uma canção que quando começar a tocar ninguém consegue ficar parado, transborda de alegria as ruas de Recife e Olinda.

O bloco, além de homenagear Sandra Fernandes, também combate o machismo, o feminicídio e a exploração, que este ano tem como tema: “No Frevo e na Resistência, Diga Não à Reforma da Previdência“.

Bloco Cabelo de Fogo
“No Frevo e na Resistência, Diga Não à Reforma da Previdência”
Concentração: Barraca do PSTU, Praça do Fortim, em Olinda
Data: dia 13, terça-feira
Hora: 14h