Dirigente da Conlutas é libertado

O dirigente dos Condutores de Jacareí, Paulo Ferreira Silva, o Paulinho, conseguiu liberdade provisória no dia 24 de janeiro. O habeas corpus foi conseguido pelos advogados do sindicalista no Tribunal de Justiça. Paulinho atualmente integra a oposição à direção do Sindicato dos Condutores na cidade e foi preso acusado pelo assassinato do presidente da OAB de Jacareí, Ângelo Maria Lopes Filho.

A acusação ocorreu pelo simples fato do sindicalista integrar a diretoria do sindicato na época do assassinato do advogado, que trabalhava para a patronal da empresa de ônibus Jacareí Transportes Urbanos (JTU) durante uma greve em junho de 2005. Sem qualquer tipo de prova, a polícia prendeu o dirigente num claro ataque ao direito de organização dos trabalhadores.

A intenção de criminalizar o movimento sindical tornou-se evidente. Além do advogado não estar envolvido diretamente nas negociações da greve, já que o interlocutor da empresa era outro advogado, o sindicalista encontrava-se em todos os momentos na organização do movimento.

Luta garante liberdade de paulinho
A prisão desencadeou uma série de manifestações exigindo a liberdade do sindicalista. Além disso, uma ampla campanha nacional, impulsionada pela Conlutas, inundou a delegacia e o Tribunal de Justiça da região com faxes e mensagens denunciando a tentativa de criminalização do movimento sindical e popular.

“Queremos a punição dos culpados pelo assassinato, mas não vamos aceitar que um trabalhador inocente seja usado como bode expiatório”, afirmou o coordenador da Conlutas na região, José Donizete de Almeida.

Campanha não terminou
No entanto, a campanha contra a criminalização ainda não terminou. É necessário que as autoridades reconheçam definitivamente a inocência de Paulinho. Além disso, outros dirigentes da região sofrem o mesmo tipo de perseguição. Neste 4 de fevereiro, a Conlutas do Vale do Paraíba reúne-se com entidades e dirigentes para definir os próximos rumos da campanha.

* com informações do Sindicato de São José dos Campos e Conlutas Vale do Paraíba.
Post author Da redação*
Publication Date