Derrotar os candidatos do governo e dos patrões

Nas eleições para a Prefeitura teremos duas candidaturas que representarão os interesses do Governo Lula no Rio de Janeiro. Bittar (PT) vai defender incondicionalmente o Governo Federal. Ele se diz oposição a atual Prefeitura, mas defende um governo igual ao de César Maia. O Governo Lula, apoiado por Bittar, aplicou a Reforma da Previdência e um salário mínimo ridículo de R$ 260,00 e agora prepara uma Reforma Trabalhista que quer retirar direitos históricos dos trabalhadores, como o 13º. e o 1/3 de férias.

Mas além da candidatura do PT desta vez teremos também a candidatura de Jandira Feghali (PCdoB), que na aparência tenta se apresentar de forma independente ao Governo Lula, mas na essência é tão governista como Bittar.

Afinal, o PCdoB tem 2 ministros e apóia o essencial da política econômica do governo e as Reformas de cunho neoliberal, aplicadas com o apoio de seus Deputados. Jandira, por exemplo, votou a favor da Reforma do Sistema Bancário, da Parceria Público e Privado e se ausentou da primeira votação do salário mínimo para não se enfrentar com o Governo.

Também vão se apresentar como oposição candidatos de vários partidos da burguesia, principalmente Conde (PMDB / Garotinho) e Crivela (PL / Igreja Universal). Estes candidatos não são alternativas, pois já foram governo e sustentaram os oito anos do famigerado Governo de FHC.

A única alternativa verdadeiramente oposição, de esquerda e socialista, para a Prefeitura do Rio é a candidatura de OCTACILIO e EDNA do PSTU.