CUT – Em defesa da licença-maternidade


A CUT Nacional está se reunindo com os sindicatos filiados para organizar a campanha em defesa da licença-maternidade e, também, dar continuidade à luta contra a flexibilização da CLT. A proposta é que, no dia oito de março, Dia Internacional da Mulher, todas as capitais realizem grandes atos, que fortaleçam essas campanhas. Os ataques do governo atingem a todos os trabalhadores, mas, principalmente, às mulheres que para a mesma função recebem salários mais baixos e formam o maior índice de trabalhadores sem carteira assinada.

Para dar continuidade a este debate e organizar a luta, a CUT Nacional vai realizar uma reunião dia 18 de fevereiro, no Sindicato dos Bancários-SP.