Crise já demite 400 mineiros em Ipiaú (BA)

Vale possui 9,5% das ações da empresa Mirabela MineraçãoA crise já faz suas vítimas na cidade de Ipiaú, no Sul da Bahia. Cerca de 400 trabalhadores da Mirabela Mineração foram demitidos. Especula-se que mais de 800 já estejam desempregados, pois nem todos homologaram suas rescisões. E, é possível que o número total de desempregados possa chegar a 1.500 trabalhadores.

A Mirabela é uma empresa controlada por acionistas australianos e canadenses, e que tem a Vale (ex-Vale do Rio Doce) com 9,5% de suas ações. Recentemente, o grupo Votorantim fechou um acordo de R$ 1 bilhão para compra do níquel durante cinco anos.

Até o momento o principal sindicato dos mineradores (SINTEPAV) não esboçou uma postura frente à crise. Apenas divulgou em nota afirmando que a demissões foram por conta da crise, e não por conclusões das obras, como tenta justificar a Mirabela e suas fornecedoras.

O PSTU vem fazendo uma forte campanha com panfletos e idas a rádios para denunciar as demissões, e convocar os trabalhadores a se mobilizarem para que mais demissões não venham ocorrer. O partido esteve, no dia 16 de dezembro, em um dos principais programas de rádio da cidade para denunciar as demissões e fazer um chamado de unidade com os sindicatos, igrejas, movimentos populares e todos os trabalhadores para constantes mobilizações, a fim de impedir que mais trabalhadores venham ser demitidos. Nesta quinta-feira, mais uma panfletagem ocorrerá em uma das partes da cidade.