Convocação do encontro nacional contra as reformas avança nos estados

Evento será realizado no dia 25 de março e reunirá diversos setores que lutam contra os ataquesFaltando pouco menos de um mês para o Encontro Nacional Contra as Reformas, no dia 25 de março em São Paulo, avança nos estados a preparação e divulgação do evento. Reuniões e plenárias serão realizadas nas regiões para ampliar o conjunto de entidades e movimentos envolvidos na organização do encontro, que tem como lema “construir a unidade em defesa da aposentadoria e dos direitos sociais sindicais e trabalhistas”.

“O panfleto de convocação do encontro já foi distribuído aos estados, que serão responsáveis pela impressão e distribuição”, afirma José Maria de Almeida, o Zé Maria, da coordenação da Conlutas. “O processo de convocação está avançado e tudo leva a crer que este encontro será bastante representativo”, afirma o dirigente. Além da Conlutas, diversas outras entidades e setores sindicais e de movimentos sociais e populares estão empenhados na organização do encontro.

O evento será um momento chave para avançar na organização da luta contra as reformas do governo Lula, além de ampliar a unidade dos diferentes setores contrários aos ataques aos direitos dos trabalhadores. Além de reuniões e plenárias para organizar a ida das caravanas a São Paulo, a convocação também está sendo incorporada aos materiais e às atividades na base das categorias. Em servidores federais, por exemplo, o movimento nacional de oposição à direção da Condsef (Confederação Nacional dos Servidores Federais) acaba de lançar um jornal nacional com 30 mil exemplares, que também convoca o encontro do dia 25.


Em São Paulo já começou a distribuição dos materiais de convocação, como os cartazes. Além disso, reuniões das entidades preparam a organização da convocatória na base dos trabalhadores no estado.

Em Minas Gerais a preparação para ida ao encontro segue a todo vapor. No dia 27 de fevereiro a Conlutas reuniu-se com os demais setores comprometidos com a luta contra as reformas, para traçar os próximos passos da divulgação do encontro. No dia 8 de março, às nove horas, haverá uma plenária preparatória antes da manifestação do Dia das Mulheres. A divulgação também se dará na base das categorias, com a distribuição massiva dos jornais. A expectativa é que sejam impressos de 100 a 150 mil exemplares.

No Rio de Janeiro, a convocação começa esta semana. O jornal de divulgação do encontro já está pronto e será distribuído na base das categorias. No Rio Grande do Sul, a coordenação constituiu um operativo para buscar as entidades de luta da região e convidá-las para o encontro. No próximo dia 1º de março, ocorre uma reunião ampliada com as diferentes entidades que constroem o dia 25. Além dos cartazes convocando o encontro, a Conlutas lançará um panfleto reforçando sua divulgação entre os trabalhadores.

Post author Da redação
Publication Date