Conlute aprova `Carta de Brasília`

Encontro da Coordenação de Lutas de Estudantes aprova carta e chama estudante a lutar contra o governo
CARTA DE BRASÍLIA

As denúncias de corrupção envolvendo o governo Lula, a alta cúpula do PT e os partidos da base aliada escandalizaram o conjunto da população e principalmente a juventude e a classe trabalhadora.

As reformas universitária, Sindical e Trabalhista, o pagamento da dívida externa, as negociações m torna da ALCA e os lucros recordes dos banqueiros e dos latifundiários agro-exportadores ditam a política do governo, orientada pelo Fundo Monetário Internacional.

O mensalão, a corrupção nas estatais e o Caixa dois do PT estão a serviço dessa política econômica. Isso só demonstra que a corrupção é inerente ao sistema capitalista e que qualquer um que se coloque na tarefa de administrar o Estado vai se sujar no mar de lama das instituições.

O Governo retira verbas das áreas sociais, como a saúde e educação, para cumprir seus acordos com os parlamentares do PTB, PPS, PP, PDT e até mesmo com o PSDB e PFL.

Não depositamos nenhuma ilusão nessa CPI. Um grande acordão entre o governo e a oposição burguesa (PFL e PSDB) está sendo construído nos bastidores para salvar a democracia dos ricos. Diferente do que diz a UNE e a CUT, não existe golpe algum da direita contra um suposto governo de esquerda, pelo simples fato de que esse governo de esquerda não existe. As elites nunca estiveram tão satisfeitas com a política econômica.

A única saída para essa crise é a mobilização de cada universidade, cada escola e cada local de trabalho para derrotarmos esse governo corrupto do PT.

Chamamos todos os Grêmios, CAs, DCEs, Executivas de curso para fortalecer a CONLUTE como um pólo alternativo de luta frente a UNE que apóia o governo do mensalão e sua reforma universitária privatizante.

A juventude foi protagonista na luta contra a Ditadura Militar e no Fora Collor. Agora é hora de voltarmos às ruas e fazer história.

FORA TODOS!
FORA LULA, CONGRESSO, PT, PSDB, PFL…
PELA CONSTRUÇÃO DE UMA GREVE GERAL!

CONLUTE
Coordenação Nacional de Luta dos Estudantes

Brasília, 18 de agosto de 2005.