Cartas

PARABÉNS PELA DECISÃO E PELA RESPOSTA DADA À CUT

Gostaria de me solidarizar com a resposta que a direção do PSTU deu às calúnias publicadas no site da CUT. Também fui vítima de uma ação do tipo, perpetrada por dirigentes sindicais e comparsas pusilânimes de uma entidade sindical do campo da Educação. Dirigentes da mesma estirpe dos que produziram as calúnias no site da CUT. Sei o que isso representa. No meu caso, divulgaram uma série de calúnias no jornal do sindicato; impediram-me de prestar contas; ameaçaram funcionários da entidade; demitiram, de forma arbitrária, jornalistas; ameaçaram encaminhar denúncia para o Ministério Público, impetrar ação na Justiça etc. (…)

No caso relacionado com as candidaturas e coligações do PSTU, em Barra do Garças – MT, talvez eu tenha sido um dos primeiros que questionou o PSTU, via mensagem encaminhada ao seu Presidente, mesmo não sendo filiado ao partido. Após verificar, no início de julho, a notícia, divulgada no site do TRE de Mato Grosso, que dava conta de uma coligação do PSTU com o PFL, como cidadão, que tenta acompanhar a vida política nacional e, que como inúmeros outros, se encontra estupefato com a facilidade com que os partidos brasileiros brincam com seus princípios, esquecem suas propostas históricas e desrespeitam os seus eleitores (vide o que ocorreu nas eleições de 2002), me senti com o direito de informar e cobrar o PSTU. Senão por outros motivos, pelo menos por reconhecer que é um dos raros, senão o único, no quadro partidário brasileiro atual, que não adotou tais procedimentos. Poucos dias depois, fui informado da decisão que o partido havia tomado, isto é, a impugnação das candidaturas, expulsão dos candidatos e dissolução do diretório. Parabéns pela decisão e por continuarem acreditando que “não se pode negociar com princípios”. Não é por acaso que também a CUT está se desmoronando.

José Domingues de Godoi Filho, professor da UFMT e ex-10 Vice-Presidente do ANDES-SN

Post author
Publication Date