Ângela Guadagnin pede direito de resposta ao PSTU em São José dos Campos

A ex-deputada e candidata a vereadora pelo PT Ângela Guadagnin entrou na Justiça Eleitoral, nesta terça-feira, 23, com um pedido de direito de resposta contra a coligação “Frente de Esquerda Socialista”, do PSTU e do PSOL, que tem Toninho como candidato a prefeito de São José dos Campos.

O PSTU exibiu em seus programas, na semana passada, imagens da famosa “dança da pizza”, neologismo à “manifestação de alegria” da então deputada federal em sessão realizada no final da noite de 22 de março e encerrada durante a madrugada do dia 23 de março de 2006. Na oportunidade, a petista comemorava a absolvição do companheiro de partido João Magno, acusado de participar do esquema do Mensalão.

Na ação, Ângela diz que teve sua imagem “ridicularizada” e associada à corrupção. A coligação de Toninho já apresentou sua defesa e espera a decisão da Justiça Eleitoral.

“Mostramos apenas o que saiu em todos os jornais e, por isso, não podemos ser punidos. Foi a própria imprensa e toda a opinião pública que adotou o termo ‘dança da pizza’ para se referir à comemoração da Ângela na absolvição de um acusado de participar do esquema do Mensalão”, disse o candidato Toninho Ferreira.

O PSTU já conseguiu reverter no Tribunal Regional Eleitoral dois direitos de respostas conquistados pela coligação de Eduardo Cury em primeira instância. Nesta sexta, por exemplo, o partido ocupou parte do tempo do candidato do PSDB.

VEJA O PROGRAMA QUE MOSTROU A DANÇA DA PIZZA