Acabar com o lucro dos banqueiros

Não existe forma de mudar esse país sem atacar os lucros e a propriedade do setor financeiroUma catástrofe se aproxima com o cada vez maior endividamento dos trabalhadores. Os banqueiros são as maiores expressões do caráter parasitário do capitalismo. São beneficiários do atual estágio de centralização econômica e superexploração. Entra governo, sai governo, e os lucros dos bancos crescem.

Os trabalhadores estão cada vez mais endividados. O governo, por outro lado, entrega metade de todo o orçamento do país aos bancos para pagar a dívida pública. Estamos diante de um enorme setor parasitário que suga as energias do Estado e dos trabalhadores, alimentando uma taxa de lucros absurda.

Não existe forma de mudar esse país sem atacar os lucros e a propriedade do setor financeiro, que cumpre um papel de ponta no sistema capitalista. A única alternativa é a estatização do sistema financeiro, e colocar os bancos sob controle dos trabalhadores. Será a única solução para que os bancos, ao invés de ficarem com metade do orçamento do país, financiem os grandes projetos econômicos necessários ao Brasil. Será a única maneira de evitar a crise do endividamento do povo pobre e garantir aos trabalhadores empréstimos com as mesmas taxas que o BNDES cobra das grandes empresas (6% ao ano).

Post author
Publication Date