Urgente: solidariedade aos rodoviários de Macapá

Protestos dos rodoviários da empresa Estrela de Ouro

Os trabalhadores do Amapá estão há cinco meses sem salários e lutam em defesa dos empregos e dos direitos trabalhistasOs trabalhadores rdoviários de Macapá (AP), da empresa Estrela de Ouro, estão em luta pelo emprego desde o dia 11 de fevereiro. A empresa, que há dois anos vinha em processo de falência, fechou as portas deixando uma dívida de mais de R$ 35 milhões. Com isso, 192 trabalhadores, que já estavam há cinco meses sem receber salários, ficaram desempregados e sem receber os direitos trabalhistas, que somam quase R$ 3 milhões. O patrimônio que restou da empresa foi avaliado pela Justiça do Trabalho em um pouco mais de R$ 600 mil.

Para solucionar o problema da categoria e o atendimento a população que estava sem transporte foi proposto à EMTU (Empresa Municipal de Transporte Urbanos) dirigida pelo PCdoB, que as linhas da Estrela fossem repassadas a outras empresas, garantindo o emprego de todos os funcionários. Essa medida que solucionaria o problema dos trabalhadores e da população foi recusada pelos empresários. No dia 18 de fevereiro a prefeitura retirou duas linhas da Estrela de Ouro, transferindo-as para a Empresa União Macapá. Entretanto, essa “negociata” não garantiu o emprego dos funcionários.

Esse golpe da prefeitura do Partido dos Trabalhadores e dos empresários de ônibus foi denunciado nos quatros cantos de Macapá, através de uma carta a população. Além disso, vários pedágios foram feitos nos sinais de trânsitos e dentro dos ônibus, para arrecadar dinheiro da população para os trabalhadores, que estão passando necessidades. Esses pedágios foram estampados nas primeiras páginas dos jornais locais e receberam um apoio fenomenal da população.

Nos pedágios, os rodoviários também denunciaram as reformas Sindical e Trabalhista do governo Lula, que vai acabar com a resistência dos sindicatos combativos, como o SINCOTTRAP e atacará direitos históricos, como férias e o 13º salário. Tais reformas são repudiadas pela categoria, que na suas mobilizações e lutas estão sempre com adesivos e faixas da Coordenação Nacional de Lutas (Conlutas).

Através de muita luta, os rodoviários arrancaram uma pequena “cesta de alimentos” para cada trabalhador e conseguiram empregar 55 trabalhadores na empresa União Macapá – que assumiu as duas linhas -, mas, ainda falta o restante. Passado um mês de uma luta que a cada dia fica cada vez mais difícil, os trabalhadores estão ficando abatidos pelo cansaço e começam a sentir o desespero.

No dia 8 de março, o sindicato dos empresários se retirou das negociações, deixando para cada empresa apresentar propostas individuais, que serão apresentadas a prefeitura, sendo que nenhuma delas pretende assumir os trabalhadores. A partir de agora as decisões ficam nas mãos do prefeito, do PT. A categoria permanece mobilizada e em permanente assembléia geral.

Diante disso tudo, os trabalhadores precisam, urgentemente, de apoio político e financeiro dos movimentos sociais de todo o país. Solicitamos que sejam enviados faxes ao prefeito de Macapá, para o número (96) 222-8978, exigindo imediatamente o emprego de todos os trabalhadores desempregados, pois até o presente momento a prefeitura está do lado dos empresários. As moções devem ser enviadas com cópia para o sindicato da categoria (SINCOTTRAP), no número (96) 251-2010 ou pelo e-mail [email protected]

Veja abaixo o modelo da moção

MOÇÃO DE APOIO A LUTA PELO EMPREGO DOS TRABALHADORES DA EMPRESA ESTRELA DE OURO

Nós, da ________________________________________, nos solidarizamos com os motoristas, cobradores, despachantes e mecânicos da empresa Estrela de Ouro, que estão há mais de cinco meses sem receber salários, passando por graves privações no sustento de suas famílias e desde o dia 11 de fevereiro estão em greve lutando pelo legítimo direito ao emprego.

Não podemos permitir que trabalhadores passem fome, por irresponsabilidade e intransigência de empresários. Por isso, exigimos da Prefeitura e da EMTU uma solução imediata em favor dos trabalhadores da Estrela de Ouro.

Viva a luta dos trabalhadores da Estrela de Ouro!
Emprego para todos os rodoviários!

A PREFEITURA DE MACAPÁ Fone/fax: (96) 213-1010
PRESIDÊNCIA DA EMTU Fone/fax: (96) 222-8978
Com cópia para o Sindicato dos Rodoviários
Fone/Fax: (96) 251-2010