Tirar os governistas dos Sindicatos

Se não fossem a disposição de luta, a garra da base bancária e a existência de um Movimento Nacional de Oposição Bancária, a CNB-CUT e o sindicatos governistas fechariam a campanha salarial com a proposta rebaixada dos 8,5%. Isso demonstra que não se pode continuar tendo uma direção governista no Sindicatos. É preciso retomar os sindicatos de todo país para a luta em defesa dos bancários! Por isso, precisamos organizar a Oposição em cada local de trabalho, em cada região, em cada estado e construir uma nova direção.
Post author
Publication Date