Sindicato dos Químicos de Vinhedo espalha outdoors contra a reforma da Previdência na cidade

Outdoor produzido pelo Sindicato dos Químicos de Vinhedo

Redação

A campanha unificada contra a reforma da Previdência tem início com importantes iniciativas. As centrais sindicais lançaram, na Praça Ramos, em São Paulo, a campanha nacional de abaixo-assinado que exige da Câmara dos Deputados o arquivamento da reforma da Previdência encaminhada ao Congresso Nacional pelo governo Bolsonaro.

Em Vinhedo (SP), o Sindicato dos Químicos entraram na campanha com seis outdoors em pontos de grande circulação da cidade para denunciar essa reforma que ataca direitos dos trabalhadores e mantém os verdadeiros privilegiados.

O presidente Bolsonaro se aposentou com 33 anos como militar e quer que os trabalhadores trabalhem a vida toda sem se aposentar.

A campanha do governo e da mídia é uma mentira e tenta convencer os trabalhadores de que a reforma vai atacar os privilégios, mas isso não é verdade.

Para barrar a reforma da Previdência é preciso unir os trabalhadores e construir um grande 1º de maio com todas as centrais sindicais, movimentos, sindicatos e partidos, rumo à Greve Geral.

Vamos intensificar a campanha, que a cada dia fica mais forte, com a coleta de assinaturas do abaixo-assinado, organizando reuniões de bairros com vizinhos e amigos, discutindo no futebol, no bar e assim derrotar esse ataque contra os trabalhadores.

Com a reforma da Previdência do Bolsonaro os trabalhadores não vão se aposentar! É preciso uma Greve Geral para defender as aposentadorias e a Previdência Social! Entre nessa luta!