Sete sem-teto se acorrentam no centro de Itapecerica da Serra

Desde a manhã desta quarta-feira, dia 15, sete pessoas se acorrentaram na frente da Igreja Matriz de Itapecerica da Serra. O acorrentamento é para sensibilizar o prefeito a cumprir com sua palavra, referente à doação do terreno da Vila Calu para a construção de moradias populares – conforme previamente acordado com os governos estadual e federal, Caixa Econômica e prefeitura. No entanto, este acordo foi quebrado pelo senhor prefeito Jorge Costa.

Pede-se, também, que a prefeitura tenha sensibilidade e misericórdia e não despeje as famílias que estão no terreno sem antes dar uma solução para o seu encaminhamento. O protesto não tem data para acabar. Cada pessoa se voluntarizou para ser acorrentada, para exigir nada mais que o cumprimento de um direito constitucional.

Fazemos um apelo de solidariedade com as pessoas que estão ali acampadas e acorrentadas, que estão nada mais do que exigindo o cumprimento de um direito constitucional. Precisamos de comida, papel higiênico, roupas e água. Contamos também com a sua visita e manifestação de apoio!

As doações podem ser entregues nos seguintes endereços:

  • Acampamento [email protected] [email protected]: Praça da Igreja Matriz de Itapecerica da Serra
  • Apeoesp do Taboão da Serra: rua Jovina de Carvalho Dau, 125, centro – Taboão da Serra
  • ABRA (Associação Brasileira pela Reforma Agrária), entre 10h e 17h, A/C Helena: rua Barão de Itapetininga, nº 255, cj. 506, República, São Paulo