Servidores lançam campanha salarial unificada no dia 15

Seguindo o calendário definido na última reunião da Cnesf (Coordenação Nacional das Entidades do Serviço Público Federal), realizada dia 5 de fevereiro, a campanha salarial unificada dos servidores será lançada oficialmente em um ato público no próximo dia 15 de março na capital federal. As plenárias setoriais ocorrem no dia 13. No dia 14 ocorre a Plenária Geral dos servidores federais.

Luta contra ataques e por direitos
O lançamento da campanha salarial 2007 se dá num contexto muito difícil para a categoria. À defasagem salarial que corrói os salários, juntam-se inúmeros ataques do governo Lula. O principal deles é o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), que propõe mais arrocho e desmonte dos serviços públicos.

O PAC pretende impor pelo menos 10 anos de congelamento salarial à categoria. O projeto de Lula estabelece um limite para o crescimento real da folha de pagamento dos servidores de 1,5% ao ano. No entanto, a folha já cresce a essa proporção, devido a promoções, incorporação de gratificações, etc. Se os servidores não se mobilizarem desde já contra o PAC, serão pelo menos 10 anos de mais arrocho.

Por isso, a reunião ampliada da Cnesf definiu como um dos principais eixos da campanha salarial unificada a luta contra o PAC. Além disso, a campanha terá como bandeiras a reposição das perdas históricas da categoria desde 1995; recursos no orçamento que reponham todas as defasagens; política salarial com reposição e aumento real; diretrizes de Planos de Carreira; Piso salarial para os servidores de acordo com o maior piso do serviço público, etc. Uma das tarefas definidas pela Cnesf é a reconstrução das Coordenações Estaduais, aprofundando a organização dos servidores nos estados.
Post author Da reação
Publication Date